O Beijo

O beijo é símbolo máximo do amor, do respeito e da consideração. Expressa sentimentos de forma clara e oculta outros com maestria. Pode revelar o que as palavras calam ou ocultar o que a mente grita.

Na cultura ocidental é tido como um gesto de afeto, usado para cumprimentar ou despedir-se dos amigos e conhecidos. Também demonstra desejo, sendo o componente ígneo para algo ainda mais íntimo e profundo.

Beijar era um ato comum entre os guerreiros gregos antes dos combates, mas foi em Roma que a prática foi amplamente difundida. Os lábios do imperador eram o premio cobiçado pelos mais poderosos, suas mãos indicavam consideração dada aos abastados e seus pés eram destinados aos súditos em geral. Onde lhe era permitido beijar indicava a posição que se ocupava. Também possuíam os romanos três tipos de beijos: basium, entre conhecidos; o osculum, entre amigos; e o suavium, ou beijo dos amantes.

E qual o seu papel na bruxaria? Ele é um selo que expressa de forma verdadeira a intenção daquele que o dá e marca quem o recebe. O bruxo é feito pelo sangue e reconhecido pelo beijo. Ele tem o poder de redimir, libertar e proteger. Possui a capacidade de abençoar e também o de amaldiçoar, já que une os quatro verbos na mesma ação. Expressa a vontade do querer, o impulso do ousar, a arte do saber e a maestria do calar.

Tenhamos cuidado com o beijo que nos é ofertado para que não tenhamos surpresas ingratas. Afinal, intenções são a essência de qualquer ação, e assim como a palavra elas tem poder de criar ou destruir.

Beija eu!

Marisa Monte

Seja eu!
Seja eu!
Deixa que eu seja eu
E aceita
O que seja seu
Então deita e aceita eu…

Molha eu!
Seca eu!
Deixa que eu seja o céu
E receba
O que seja seu
Anoiteça e amanheça eu…

Beija eu!
Beija eu!
Beija eu, me beija
Deixa
O que seja ser…

Então beba e receba
Meu corpo no seu
Corpo eu, no meu corpo
Deixa!
Eu me deixo
Anoiteça e amanheça…

Seja eu!
Seja eu!
Deixa que eu seja eu
E aceita
O que seja seu
Então deita e aceita eu…

Molha eu!
Seca eu!
Deixa que eu seja o céu
E receba
O que seja seu
Anoiteça e amanheça eu…

Aaaaah! ah ah ah ah! ah!
Ah! ah ah ah!
Ah! ah ah ah!
Ah ah ah!…

Beija eu!
Beija eu!
Beija eu, me beija
Deixa
O que seja ser…

Então beba e receba
Meu corpo no seu
Corpo eu, no meu corpo
Deixa!
Eu me deixo
Anoiteça e amanheça…

Aaaah! Aaaaah!
Oh oh oh oh oh oh!
Oh oh oh oh oh oh!
Aaaah! Aaaaah
Oh oh oh oh oh oh!
Oh oh oh oh oh oh!
Aaaah! Aaaaah
Oh oh oh oh oh oh!…

12

Deixe uma resposta