Prazer à Mesa

Romã — O Doce Amargo do Amor

“O amor e a romã se confundem na cor, o doce amargo da fruta, e amargo doce do amor, será tudo a romã, ou tudo será o amor!” — Aguinaldo ribeiro Para os gregos era símbolo do amor e da fertilidade, tanto que a romãzeira foi consagrada à Deusa Afrodite. Já em Roma possuía como características ordem, riqueza e fecundidade. Sejam entre os fenícios, egípcios, judeus ou quaisquer outros povos

Continue lendo…

O Azeite

A palavra azeite vem do vocábulo árabe “Az-zait” cujo significado é sumo da azeitona, fruto da oliveira, e vem sendo utilizado desde o berço da civilização humana no crescente fértil. Serviu aos mesopotâmicos como isolante térmico há mais de cinco mil anos, contudo existem indícios de que sua produção seja ainda mais antiga. Folhas fossilizadas de oliveira foram encontradas por todo o mediterrâneo, datadas de mais de dez mil anos.

Continue lendo…

Com vocês, Gin!

Criado nos Países Baixos no século XVII é uma bebida de teor alcoólico bastante elevado e com sabor marcante, que o faz ser amado ou odiado não deixando espaço para dúvidas quanto a sua apreciação. Em seu processo de fabricação, faz-se necessário o acréscimo de água destilada para baixar sua graduação. O que lhe confere gosto marcante é o zimbro, adicionado para aromatizar, fruto esse dotado de inúmeras propriedades mágicas

Continue lendo…